O novo Partido idealizado pela ex-senadora Marina Silva venceu mais uma batalha nesta quarta-feira (4). A Rede Sustentabilidade conseguiu o registro de seu 9º diretório estadual, no Amapá. A oficialização dos órgãos partidários em ao menos nove Estados é uma das exigências para que o grupo consiga obter o registro de partido político.

Depois disto resta à Rede cumprir a 2ª exigência da legislação que é a de apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 492 mil assinaturas de apoio validadas por cartórios eleitorais.

Em balanço divulgado nesta quarta, a Rede diz ter conseguido validar 345 mil fichas de apoio. Outras 180 mil aguardavam análise de cartórios, segundo o partido. O grupo tem se queixado de que a Justiça Eleitoral não analisa as assinaturas dentro do prazo legal, de 15 dias.

Leia também:  Grupo deve pressionar Pátio por cargos melhores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.