Os depósitos em caderneta de poupança somaram R$ 122,2 bilhões no mês passado, contra retiradas de R$ 117,5 bilhões, o que resultou em captação líquida de R$ 4,6 bilhões no mês. Foi a melhor captação líquida para meses de agosto, contribuindo para um saldo de R$ 42,2 bilhões no acumulado do ano, com expansão de 55% em relação ao total de igual período de 2012.

Os números foram divulgados nesta quinta-feira (5) pelo Banco Central. Os rendimentos em poupança contabilizaram R$ 2,6 bilhões em agosto, elevando o estoque para R$ 557,4 bilhões, dos quais R$ 435,2 bilhões no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo, que financia parte do sistema imobiliário, e R$ 122,2 bilhões da poupança rural.

Leia também:  Preço da gasolina e do diesel deve aumentar nas refinarias do País nesta terça

Do total depositado em poupança, a Caixa Econômica Federal informa que administra R$ 196,3 bilhões, que correspondem a 35,31% desse mercado. A captação líquida de 50 milhões de cadernetas de poupança administradas pela Caixa acumula R$ 14,6 bilhões de janeiro a agosto.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.