A festa do ciclista americano Chris Horner, vencedor da Volta da Espanha, está dando o que falar. Não necessariamente por ser o campeão mais velho da prova, com 41 anos, mas sim por uma falha de comunicação. Nessa segunda-feira, dia seguinte da conquista, a Agência Espanhola de Antidoping procurou o atleta para a realização de exames, mas Horner não estava mais hospedado no hotel em que a entidade tinha endereço.

Segundo a equipe do ciclista, a RadioShack, Horner comunicou a mudança do local onde ficaria hospedado junto com sua esposa.

– Chris Horner informou sua localização para a Agência de Antidoping dos Estados Unidos antes de iniciar a etapa final da prova. Ele apresentou para a USADA o nome do hotel, o número do telefone e a numeração do quarto. Os inspetores da Agência de Antidoping da Espanha apareceram no hotel errado em Madri, aonde o time estava, mas Horner obviamente não seria localizado – informou.

Leia também:  1ª paraolimpíada 2017 acontece neste sábado

A equipe acredita que a comunicação entre a agência antidoping espanhola e os meios de comunicação é uma violação da privacidade de Chris Horner, e classificou a situação como um “erro claro” da entidade.

– Pedimos que os meios de comunicação se informem corretamente sobre o assunto. Será cobrada uma compensação sobre esse assunto com as agências antidoping responsáveis – termina dizendo a nota da equipe.

De acordo com a imprensa espanhola, a agência antidoping local foi até o novo hotel, mas Horner também não havia sido encontrado. O ciclista, que completa 42 anos semana que vem, conquistou o título mais importante em seus 19 anos de carreira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.