Enterro foi acompanhado por centenas de pessoas - Reprodução Rede Record
Enterro foi acompanhado por centenas de pessoas
– Reprodução Rede Record

Um menino de 11 anos foi morto a tiros pelo próprio pai na cidade de Ferreiros, interior de Pernambuco, na última quarta-feira (4). A criança era sonâmbula e o pai a confundiu com um ladrão.

O pai, o comerciante Josinaldo Araújo da Silva, de 36 anos, acertou um disparo no peito da criança. Ele tinha a documentação do revólver e afirmou que decidiu ter uma arma em casa porque já tinha sido assaltado várias vezes.

Ele prestou depoimento e responderá por homicídio putativo, quando a pessoa pensa agir em legítima defesa. O corpo da criança foi sepultado na tarde de quarta-feira. Centenas de moradores da cidade acompanharam o enterro.

A mãe do garoto precisou receber atendimento médico no IML (Instituto Médico Legal). Ela não foi ao sepultamento.

Leia também:  Mulher é presa tentando entrar com droga na Mata Grande
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.