Os deputados se reúnem no início da manhã desta quarta-feira (18), às 8 horas, no Palácio Paiaguás, com o governador Silval Barbosa (PMDB), para discutir medidas que culminem com o fim da greve dos profissionais da rede estadual de ensino. Essa decisão foi unânime durante a reunião do Colégio de Líderes, realizada nesta terça-feira (17), que contou com a presença do secretário estadual de Educação, Ságuas Moraes (PT).

O anúncio foi feito durante a sessão de ontem, pelo deputado José Riva (PSD), que defende o diálogo como o melhor caminho para colocar fim ao impasse, que já se arrasta por mais de um mês e prejudica o calendário escolar. “Na reunião do colégio de líderes foi unânime a posição da Assembleia, de que o governo deverá conversar com a categoria para formular uma proposta. Tivemos a oportunidade de debater com professores e, por isso, pedimos ao governador Silval que reabra o diálogo”, informou Riva aos representantes do Sintep e da CUT, presentes nas galerias do Plenário das Deliberações.

Leia também:  Estado arrecada quase R$ 5 milhões de impostos para transporte de madeira

“A sessão está suspensa até que seja realizada essa reunião com o governador”, assegurou o presidente da Casa, deputado Romoaldo Junior (PMDB). O deputado Ezequiel Fonseca (PP) disse que o governo judicializou a greve dos professores, pediu cálculo ao Sintep sobre condições financeiras para o reajuste salarial da categoria, mas não abriu ao diálogo. “Alunos estão prejudicados porque não há mais tempo para recuperar o ano letivo em 2013”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.