Na modalidade de cangaço, cerca de oito bandidos assaltaram o Banco do Brasil, Bradesco, Sicredi e os Correios de Vila Rica distante cerca de 1,1 mil quilômetro de Cuiabá, na região do Araguaia, por volta das 10h30 de hoje (09).

De acordo com as primeiras informações, a ação começou quando o grupo rendeu a Polícia Judiciária Civil (PJC) e partiu para os bancos. Os bandidos fortemente armados com fuzis e pistolas dominaram os clientes, que foram colocados em frente as agências, sendo usados como escudos humanos para evitar ação policial.

Houve muitos disparos para o alto durante a ação intimidando os policiais evitando qualquer reação da Polícia Militar (PM). A quantidade de dinheiro não foi informada.

Leia também:  Corpo de adolescente é encontrado no Rio Cuiabá após nadar com amigo

12h10

O bando fugiu em caminhonetes levando alguns reféns entre funcionários e clientes do banco. Eles fizeram mais disparos, atingindo vidraças de lojas.

12h15

Todas as vítimas já foram deixadas em uma localidade da “Terceira Entrada” cerca de 12 quilômetros de Vila Rica. Dois veículos utilizados na fuga foram queimados em cima de uma ponte, sendo uma Hilux e um Fiesta. Um terceiro veículo foi abandonado. Os assaltantes fugiram por uma estrada que dá acesso ao Pará. Policiais de várias cidades da região estão mobilizados nas buscas.

12h35

De acordo com umas das vítimas, identificada como Raquel, ela estava dentro do banco Bradesco e contou como foi a atitude dos bandidos. “Eles não foram agressivos com mulheres e crianças, inclusive ajudaram uma senhora que estava de cadeiras de rodas. Mas a todo o momento eles diziam para nós ficarmos quietos e deitados, dizendo que não queria machucar ninguém e que o foco era só o dinheiro do banco” disse Raquel a uma rádio local.

Leia também:  Dama do Tráfico | Mulher suspeita de comandar e liderar facção é condenada a 7 anos de prisão

12h40

Um helicóptero virá da Capital para auxiliar os policiais nas buscas. O último assalto a banco em Mato Grosso ocorreu há cerca de 10 meses e em Vila Rica foi em 2001, quando um bando ‘tomou’ o Banco do Brasil.

17h01

O Bope já está na cidade e auxilia nas buscas, porém ainda ninguém foi encontrado.

 

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorA modernização do Detran-MT começou
Próximo artigoSaia justa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.