Cartazes e faixas foram pregadas para chamar a atenção - Foto: Wlly Garcês / AGORA MT
Cartazes e faixas foram pregadas para chamar a atenção – Foto: Wlly Garcês / AGORA MT

Com faixas e cartazes fixados no plenário, a Associação dos Surdos de Rondonópolis (ASR) fez um manifesto hoje (25), durante a 35ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Rondonópolis. Eles cobram atitudes do Executivo e o apoio do Legislativo, em relação à construção da sede da instituição.

De acordo com o presidente da ASR, Adilson de Moraes, o grupo já possui um terreno, doado pela gestão passada. “Nós temos os mesmos direitos dos ouvintes, porque que a prefeitura vem nos enrolando, nós já temos o terreno, só precisamos de um auxílio para construir nossa associação”, retransmiti a intérprete Elaine Alves dos Santos, a indignação de Moraes.

Sem um local adequado, os surdos se reúnem em igrejas, casas de associados e até mesmo em campo de futebol. As reuniões servem para socializar o grupo.

Leia também:  Secretários são convocados a dar explicações sobre falta de pagamentos do carnaval

Amanhã (26) é o Dia Nacional do Surdo, a classe vai aproveitar e reforçar o pedido com um manifesto na praça Brasil as 8h e as 10h irão se reunir com o prefeito Percival Muniz (PPS).

“Estamos aguardando esse encontro há muito tempo, espero sairmos com resultados positivos”, argumenta Moraes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.