A secretaria estadual de Transporte e Pavimentação Urbana seleciona dia 25 de outubro a empresa responsável pela elaboração do projeto de duplicação na MT-407. O aviso de licitação divulgado aponta que as obras compreendem pouco mais de 34 quilômetros, em dois lotes, no entroncamento com as BRs 070, 163 e 364 (Trevo do Lagarto). Mesmo a concorrência, os trâmites de federalização da rodovia estão em andamento.

No início do ano, o governador Silval Barbosa (PMDB) decretou situação de emergência na rodovia, devido seu estado crítico e considerando que recebe carretas pesadas, diariamente, das rodovias federais 070, 163 e 364. Após o início das obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo, o fluxo de avenidas como Fernando Correa da Costa, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Miguel Sutil em Cuiabá e avenida da FEB e Ulisses Pompeu de Campos em Várzea Grande, acabaram sendo desviado.

Leia também:  Morre ex-governador de Mato Grosso do Sul

No despacho, o gestor apontou insuficiência da plataforma de rolamento, da capa asfáltica e da estrutura do pavimento para suportar o peso dos atuais veículos de carga. O decreto ficará em vigor, inicialmente, por 180 dias e, com ele, obras consideras necessárias para recuperação poderão ser feitas mais rapidamente, “eliminando” algumas questões burocráticas que podem resultar em demora.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.