O placar de 4 a 0 sobre o Rayo Vallecano acabou ficando em segundo plano na partida do Barcelona no último sábado. Depois de ter menor posse de bola do que o adversário pela primeira vez desde 2008, a equipe catalã foi questionada por alguns críticos, e o técnico Gerardo Martino voltou a ter seu estilo colocado em debate. Entretanto, o argentino não se mostrou descontente com as críticas, que disse ver como normais, uma vez que não foi formado no clube, como seus antecessores.

– Quando uma equipe alcança a excelência futebolística, sempre se falará desse tipo de questão. Mais ainda quando o treinador não é da casa ou holandês. Para o Barcelona, sempre é muito importante a posse, e para o Newell’s também era. Mas é preciso ver as características dos rivais, os antecedentes. No ano passado, o Barça teve média de posse de bola de 66%, e agora temos 65,8%. Não creio que a chave está nesse 0,2% – disse o técnico nesta segunda-feira.

Leia também:  Após ter um ano de altos e baixos Júnior Tavares não é certeza no São Paulo em 2018

Tata comentou também o rodízio que tem realizado no elenco, deixando fora da equipe atletas consagrados, como Fàbregas. O treinador voltou a dizer que está pensando nas fases decisivas das competições que o Barça disputará nesta temporada.

– O que temos que fazer é ver como chegamos a março ou abril. A intenção é contar com todos os jogadores, para que estejam em boa forma ao fim de cada competição – completou.

Neymar é elogiado

O treinador do Barça ainda elogiou a participação que Neymar tem feito nas partidas e garantiu que o brasileiro já está plenamente adaptado ao time catalão.

– Estamos muito felizes com seu trabalho. Não se esqueçam que ele teve uma pré-temporada difícil pela Copa das Confederações, pela chegada badalada, pelo que representa e pelas viagens pela Seleção. Estamos muito satisfeitos com o que Neymar está oferecendo.

Leia também:  União aposta em Ricardo para bater o Cuiabá
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.