Além de não utilizarem as lixeiras alguns frequentadores quebram as placas dos local – Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
Além de não utilizarem as lixeiras alguns frequentadores quebram as placas dos local – Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Frequentemente é possível ver latas, copos descartáveis ou outros tipos de lixo que estão à beira das pistas de caminhadas do Horto Municipal, esses são uns dos maus hábitos dos frequentadores do local.

O gerente do Horto, Reginaldo Bola, afirmou que algumas questões são culturais, pois os cuidados para manter a limpeza do parque são intenso e observa que muitas vezes as pessoas estão sentadas ao lado da lixeira, mas preferem deixar o lixo jogado no chão ou nos bancos. Produtos que muitas vezes podem ser ingeridos por animais que habitam no local.

Outro problema enfrentado pelo gerente é que algumas pessoas levam embora objetos como, pesos da academia, prancha de madeira utilizada como banco ou lixeiras que ficam espalhadas ao longo das pistas, isto quando não depredam. Segundo Bola, há casos em que a cerca é violada no meio da noite para que a pessoa possa ter acesso ao parque e levar uma prancha, por exemplo.

Leia também:  'Mega Feirão de Pisos' acontece no mês de dezembro em Rondonópolis

O secretário de Meio Ambiente, Lindomar Alves, reforçou as declarações do gerente do parque e ressaltou que o problema só será revertido quando houver uma mudança na cultura e das pessoas. O gestor da pasta também cogitou a possibilidade de fiscalizações de orientação e punição, para a mudança de comportamento e educação dos frequentadores que possuem alguns desses maus hábitos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.