O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deixou escapar nesta segunda-feira (23) que largou o cigarro por “medo da mulher”, Michelle, segundo palavras captadas por um microfone aberto em Nova York.

Obama, que participava de uma reunião sobre a importância de sociedade civil antes da Assembleia Geral da ONU, perguntou a um de seus interlocutores se havia deixado de fumar.

Quando o homem respondeu à pergunta, Obama disse em tom de brincadeira: “não fumo um cigarro há seis meses, tenho medo da minha mulher”.
Obama admitiu em 2010 que deixar de fumar era uma “luta” para ele, diante do estresse ao qual era submetido na presidência, mas que havia conseguido porque era persistente.

Leia também:  Homem agride cruelmente duas mulheres com golpes de martelo na França

Em fevereiro de 2011, Michelle Obama garantiu que seu marido havia deixado de fumar havia cerca de um ano. Também revelou que não falava com ele sobre o assunto desde então: “quando alguém faz o que precisa fazer, você não deve se meter”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.