A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da Assembleia Legislativa encaminhou um requerimento para a Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Septu), ao secretário Cinésio Nunes de Oliveira, pedindo informações sobre os projetos de recuperação, duplicação e pedágios em rodovias estaduais. O pedido, de acordo com a Comissão, tem que ser respondido por escrito e, no prazo de 30 dias.

Entre os questionamentos está MT-320. Os parlamentares que compõem a Comissão quer saber como foi firmado os termos contratuais para a recuperação da rodovia estadual. Outro questionamento é sobre os projetos de duplicação da MT-251, em especial do trecho situado entre o trevo da Guia até a Fundação Bradesco. A Comissão de Infraestrutura quer informações também sobre quais as rodovias estaduais estão cobrando pedágios.

Leia também:  Faixas de pedestres em 3D são criadas para 'forçar' parada de motoristas em Primavera

“Queremos saber quantas praças de pedágio existem em Mato Grosso, bem como o trecho em quilômetros. Além dos valores cobrados e quais são as rodovias com o trecho em estudo para a cobrança do pedágio”, diz trecho da justificativa do requerimento encaminhado à Septu. A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte está assim constituída: Presidente: Sebastião Rezende (PR) Vice-presidente: Romoaldo Junior (PMDB) Membros titulares: Nininho (PR), Pedro Satélite (PSD) e Zeca Viana (PDT) Membros suplentes: Wagner Ramos (PR), Emanuel Pinheiro (PR), Walter Rabello (PSD), Dilmar Dal’Bosco (DEM) e Ezequiel Fonseca (PP).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.