O Automóvel Clube Fluminense e a Fundação Municipal de Esportes de Campos dos Goytacazes estudam entrar com uma ação na Justiça contra um trio de árbitros de basquete ou contra a Federação de Basquete do Rio de Janeiro (Fberj). O motivo: o abandono de um árbitro no meio da partida entre Macaé e Campos, válida pela última rodada da Copa Interestadual.

A cena inusitada aconteceu neste domingo, no Ginásio Olavo Cardoso, em Campos. No intervalo do segundo para o terceiro período da partida, o árbitro Ewaldo Ramos, junto com sua dupla de auxiliares Marco Aurélio e Gustavo Menigheni, decidiu não retornar mais ao jogo. O duelo estava bastante pegado, com contato físico frequente e queixas de ambas as partes. A arbitragem, então, abandonou o jogo alegando excesso de pressão por parte dos jogadores.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União

– O jogo estava realmente muito pegado, assim como foram todos os outros. Nessa situação, a arbitragem estava tentando levar no apito. No intervalo, o Evaldo, que é meu amigo, disse que estava sofrendo pressão e que não ia apitar mais. Palavras dele: ‘Do jeito que está, eu não continuo’ – disse Caca, técnico da equipe de Campos.

Como o Macaé vencia por 35 a 31 quando a partida foi paralisada, a equipe alvianil foi dada como vencedora do jogo. O Macaé, aliás, já entrou em quadra campeão do Interestadual, pois já havia vencido as duas primeiras partidas. A partida contra o Campos servia para cumprir tabela. A classificação da competição foi a seguinte: 1º – Macaé, 2º – Ceará Basquete, 3º – Minas Tênis Clube, 4º – Campos.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

O Interestadual foi organizado pelo Automóvel Clube Fluminense de Campos, com o apoio Fundação Municipal de Esportes da Cidade. A Fberj deu apenas o aval para que o torneio acontecesse e forneceu a arbitragem. Por isso, a organização ainda estuda se acionará na Justiça somente os árbitros ou a Federação.

O presidente da Fberj, Álvaro Almeida, informou apenas que aguarda receber o relatório da arbitragem e a súmula da partida para se posicionar sobre o acontecido.

Duda celebra título no novo clube

Apesar do desfecho inesperado, o elenco do Macaé comemorou mais uma conquista no ano de 2013. Depois de garantir o acesso à próxima temporada do NBB e de se sagrar campeão do Torneio Carioca de Basquete, a equipe alvianil levou o título do Copa Interestadual. Recentemente contratado, Duda estreou pelo Macaé na competição e comemorou sua primeira conquista pelo novo clube.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19

– Estou muito feliz. Não existe maneira melhor de começar uma temporada do que com um título. A gente já havia vencido o Torneio Carioca, e agora levar esse título em uma competição com equipes que se classificaram para os playoffs do último NBB é muito importante. Estamos buscando mais entrosamento para essa nova equipe. Mas já mostramos força e provamos às outras equipes que o Macaé veio para ficar – concluiu o ex-jogador do Flamengo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.