Um homem acusado de estuprar e engravidar a própria filha foi preso pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso, da Polícia Judiciária Civil, nesta segunda-feira (16), em Rondonópolis (212 km ao Sul). O carreteiro Antonio Alves de Arruda, 60, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva pelo estupro da filha de 14 anos de idade.

O pai, separado da mãe, é caminhoneiro e praticava os abusos quando vinha visitar a filha na cidade. Segundo a vítima, o pai a chantageava para obter o favorecimento sexual, dizendo que iria deixar de pagar a pensão para ela e para a mãe. A menor está grávida de 23 semanas. Ao perceber a gravidez da filha, a mãe passou a pressionar a adolescente que acabou confessando que o pai era o autor dos abusos.

Leia também:  Comércio é invadido e roubado no Conjunto São José

O inquérito policial foi instaurado no início do mês e a delegada Divina Aparecida Vieira Martins da Silva representou pela prisão preventiva do suspeito que foi decretada pela Justiça. Contra o acusado, consta outro mandado de prisão preventiva por estupro, expedido pela comarca de Juína (735 km a Noroeste).

Policiais da delegacia passaram a monitorar o suspeito e realizaram a prisão assim que ele chegou a Rondonópolis, de uma de suas viagens a trabalho.

CRIME CONTRA IDOSO
Em outra ação da delegacia, Longuinaldo Leonel da Silva, 38, conhecido como “Tatu”, foi preso em flagrante, na sexta-feira (13), em Rondonópolis. O preso é acusado de se apropriar do cartão de aposentadoria e do veículo do seu sogro, um idoso, de 81 anos de idade.

Leia também:  Rapaz se relaciona com esposa de detento e é baleado

O acusado foi conduzido a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelos crimes apropriação de bens e proventos, previstos nos artigos 102 e 104, do Estatuto do Idoso e posteriormente encaminhado a Cadeia Pública local.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.