Major Fernando Augustinho, comandante da Polícia Militar de Alto Taquari
Major Fernando, comandante da Polícia Militar de Alto Taquari

A Polícia Militar e Civil de Alto Taquari continua a procura do suspeito de assassinar o comerciante na noite de domingo (22). O comandante da PM local, major Fernando Augostinho, informou que o pintor Lindomar é o possível suspeito de ter cometido o crime.

Major Fernando conta que a moto do suspeito foi encontrada no meio do mato faltando algumas peças e que isso é um dos indícios de que ele possa ser o autor do assassinato. “As mesmas peças que foram encontradas no local que aconteceu o crime, são as mesmas que estavam faltando da moto do acusado devido à colisão que resultou na tragédia”, explica o major.

Outro forte indício que foi relatado pela amásia de Lindomar é de que ele e a vítima já haviam tido um ‘conflito comercial’, já que o suspeito estava pintado à casa de Paulo e acabaram se desentendendo. Testemunhas também contam que na noite anterior ao crime, Lindomar foi visto de posse de uma arma de fogo e que se envolveu em uma briga e acabou dando uma coronhada na cabeça de outra pessoa.

Leia também:  Operação 'Bairro Seguro' acontece em Paranatinga

De acordo com o major a vítima também tinha passagem pela polícia por homicídio e por outras ocorrências como, por exemplo, dirigir embriagado. A moto de Lindomar foi apreendida, mas ele continua desaparecido.

Segundo o major, o delegado da Polícia Civil de Alto Taquari, João Ferreira Borges Filho, vai expedir o mandado de prisão contra Lindomar.

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.