Foto: assessoria
Foto: assessoria

No mês de maio deste ano o vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB) encaminhou à Prefeitura de Rondonópolis uma solicitação referente à renovação da parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), para que a estrutura de capacitação profissional fosse melhor utilizada em bairros da cidade. Na oportunidade, o vereador confirmou ser adepto da construção de novos centros de capacitação profissional, mas lembrou da existência de locais onde os cursos podem acontecer com eficácia.

Rodrigo da Zaeli esteve na Unisal – União dos bairros da região Salmen -, na manhã desta sexta-feira (20), onde participou do encerramento de um curso realizado na sede do local. Na oportunidade foi constatado que os cursos voltaram a acontecer, proporcionando conhecimento e renda extra às participantes. Vale lembrar que, na época, o vereador pediu ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Ferreira, que fosse junto a ele acompanhar a realidade e viu Ferreira também ficar surpreendido com a situação. No local cerca de 18 máquinas de corte e costura ficaram paradas durante seis meses.

Leia também:  Unemat pauta curso de Direito e Logística para Rondonópolis

“O último curso realizado na Unisal foi em outubro de 2012. O Senai oferece estes cursos, inclusive com o fornecimento de material como tecidos, linhas e agulhas. A prefeitura complementa com a disponibilização de mais materiais, o maquinário, os instrutores e a possibilidade de crédito por meio de financiamento no Banco da Gente. Já a Unisal oferece o local para a realização dos cursos. É um trabalho conjunto, que proporciona uma garantia de renda extra para quem participa”, explica Rodrigo da Zaeli.

Para a professora Adriana Corvelo, os cursos proporcionam um maior conhecimento para as pessoas inscritas, além da possibilidade de colocar em prática o que aprendeu. Tornando uma fonte extra de renda. “É muito simples participar: basta a pessoa procurar o Senai e se inscrever. Esse curso é relacionado ao Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – e paga para a pessoa participar. São oferecidos vale transporte e um valor específico para a alimentação. É só selecionar o curso e participar”, ressalta.

Leia também:  Primavera do Leste deve ter eleições no dia 19 de novembro

Para a aluna Altina Dias Queiroz, o curso proporcionou a chance de descobrir o que realmente ela gosta e tem o dom para fazer. “Descobri que sou capaz de fazer o que quiser. Estou muito contente desses cursos voltarem a acontecer, pois além de ser perto da minha casa, proporciona a outras pessoas a chance de se capacitar. Temos uma colega que mora em um bairro distante, mas vem de bicicleta. Imagina a força de vontade dessa aluna?”, explica.

Os cursos proporcionados em parceria Prefeitura e Senai acontece em duas regiões da cidade: no Parque Universitário e no Jardim Iguaçú. São três turnos, sendo manhã, tarde e noite com a participação de duas professoras por turma. Na Unisal as alunas trabalham com malha, lingerie e corte; já no Jardim Iguaçú as inscritas confeccionam lingerie, malha e jeans.

Leia também:  Palanque de Taques pode ter Pátio, Percival, Rogério e Sachetti

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.