Os professores da rede estadual de ensino, que já estão há mais de 30 dias em greve, irão realizar esta segunda-feira (16) uma assembleia geral para decidir o futuro da categoria.

Após uma reunião realizada neste domingo (15), o Conselho de Representantes dos profissionais da rede estadual de educação, apontou para que a greve seja mantida por tempo indeterminado.

A falta de proposta por parte do governo aumentou a insatisfação da categoria que luta pela dobra do poder de compra dos salários ; assegurar os percentuais para a integralização do piso para este ano; percentual de horas de trabalho pedagógico para interinos, data para a posse dos classificados e realização de novo concurso público; aplicação dos 35% dos impostos arrecadados na educação.

Leia também:  Mato Grosso está em 2º lugar no ranking de focos de calor em 2017
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.