A Assembleia Legislativa de Mato Grosso deverá incluir na pauta de votação, o projeto de lei que determina a instalação de dispositivos sonoros em semáforos das principais ruas e avenidas do Estado de Mato Grosso. Os semáforos servirão de guia ou orientação para a travessia de pessoas portadoras de deficiência visual.

A proposta é de autoria do primeiro secretário da Casa de Leis, Mauro Savi (PR). “O que se busca não é conceder privilégios, mas proporcionar os meios e as condições para que essas pessoas sejam incluídas na sociedade”, disse Savi.

Os semáforos para pedestres instalados nas vias públicas deverão estar equipados com mecanismo que emita sinal sonoro suave, intermitente e sem estridência. Os equipamentos deverão ser instalados em locais de espetáculos, conferências, aulas e outros de natureza similar deverão dispor de espaços reservados para pessoas que utilizam cadeira de rodas, e de lugares específicos para pessoas com deficiência auditiva e visual, inclusive acompanhante, de acordo com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Leia também:  Governador sanciona lei que assiste direitos dos portadores de câncer

A instalação dos dispositivos sonoros será, prioritariamente e preferencialmente, em vias com grande circulação de cidadãos e em locais próximos de escolas, hospitais e institutos de pessoas portadoras de deficiência visual.

A instalação dos sinais sonoros deverá ser efetivada em ambos os sentidos e contará com sons diferenciados indicando o momento adequado para a espera e a travessia em segurança dos usuários deste mecanismo.

Para que a medida gere a eficácia pretendida, campanhas informativas e educativas para a conscientização da população deverão ser efetuadas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.