Audiência Pública para tratar dos repasses à Secretaria Municipal de Saúde – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT
Audiência Pública para tratar dos repasses à Secretaria Municipal de Saúde – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

O impasse dos pagamentos em atraso do Governo do Estado à Secretaria Municipal de Saúde deve ser regularizado dentre em breve, conforme foi exposto pelo deputado estadual J. Hermínio Barreto (PR), na noite desta segunda-feira (23), na Audiência Pública realizada na Câmara Municipal. O debate foi solicitado pelos vereadores Fábio Cardozo, Reginaldo Santos, ambos do (PPS) e pela Comissão de Saúde da Casa de Leis.

Cardozo afirmou que o objetivo principal é esclarecer para a população o que ocorre com a questão dos repasses, para buscar alternativas de regularização, tanto nos pagamentos atrasados quanto dos percentuais que foram reduzidos dos valores destinados à Secretaria.

O vereador Reginaldo Santos acrescentou que não é possível permanecer de braços cruzados, principalmente em razão de Rondonópolis ser um pólo de atendimento regional e que estão buscando algo de direito a população, que é a saúde de qualidade.

Leia também:  Feriado de 7 de setembro terá transporte público gratuito para a população

A secretária de Saúde, Marildes Ferreira, acrescentou que com o pagamento atrasado, R$ 2.383.728,84, e a diferença na redução dos repasses, R$ 4.287.959,64, destinados a Atenção Básica de Saúde e atendimento de Média e Alta Complexidade, o munícipio deixou de receber mais de R$ 6 milhões. Valores que seriam aplicados em outras áreas da saúde, como a ampliação dos Postos de Saúde da Família (PSF).

Durante a reunião Barreto disse que já foi depositado parte dos valores atrasados e o restante deve ser regularizado até o mês de dezembro, além de anunciar a reposição dos valores destinados ao Hospital Psiquiátrico Paulo de Tarso, pois é totalmente gerido com recurso do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia também:  Diretoria do União usa Facebook para homenagear Gilson Lira

A Audiência Pública também obteve outros dois encaminhamentos, sendo o agendamento de uma reunião na Secretaria de Estado de Saúde, onde o deputado J. Barreto, os vereadores e a secretária de Saúde irão tentar reverter a redução do repasse ao município. Com mesmo intuito representantes da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT) realizarão uma Audiência Pública com todos dos vereadores do Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.