Ryan Bader é um dos meio-pesados mais antigos do Ultimate. Na organização desde 2008, ele já enfrentou 12 adversários e tem experiência de sobra para saber a real capacidade de Glover Teixeira, seu algoz nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, em uma provável luta contra o campeão Jon Jones. Perguntando na coletiva após o UFC Fight Night Combate: Glover x Bader se o brasileiro teria capacidade de bater o seu compatriota, Bader não hesitou em afirmar que sim.

– Ele tem uma chance. Acho que é uma das pessoas que têm o soco mais pesado que já senti. Acho que não venci por causa desse excesso de agressividade dele. Essa capacidade pode fazer ele vencer o Jon Jones e ele tem uma excelente oportunidade de vencer o Jones – disse o campeão do TUF 8.

Leia também:  AssuRoo | Time de futsal de surdos de Rondonópolis conquista 2° lugar da competição em Campo Grande

Na luta principal do evento em Belo Horizonte, Ryan Bader esteve bem perto de vencer Glover Teixeira. Ele fez o brasileiro balançar em duas oportunidades, mas foi surpreendido com um contragolpe do brasileiro e caiu. Com quatro derrotas nas últimas sete lutas, ele ainda tem 30 anos e garantiu que vai tentar mais uma vez voltar ao caminho rumo à disputa de cinturão.

– Eu me senti bem hoje a noite. Tive alguns erros na parte mental e agora tenho que voltar e melhorar. Neste esporte, a gente cai rápido e levanta rápido. Já já estarei pronto – disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.