Nesta quarta, a Ferrari anunciou Kimi Raikkonen como companheiro de Fernando Alonso pelas próximas duas temporadas, pondo fim a uma relação de 12 anos – oito como piloto titular – entre a escuderia italiana e Felipe Massa. O chefe do time de Maranello, Stefano Domenicali, que acompanhou o brasileiro durante toda sua trajetória na equipe, aproveitou a oportunidade para expressar o carinho ao paulista e agradecê-lo por tudo que fez e para dar as boas vindas ao finlandês campeão de 2007.

– Eu quero agradecer ao Felipe, de coração, em nome de nossos fãs ao redor do mundo, pelo extraordinário trabalho que ele tem feito para a equipe em todos esses anos. Felipe sempre se comportou como um homem de equipe. Vivemos juntos os momentos mais dramáticos e os mais bonitos também. Momentos esses que serviram para criar uma relação humana e profissional, verdadeiramente única. Ele sempre será parte da nossa família lhe desejo um futuro especial Agora temos que manter o foco com toda a nossa força nas últimas sete corridas deste campeonato. Sabemos que podemos contar, como sempre, com sua contribuição para alcançar nossos objetivos – disse o chefe.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Depois de agradecer a Felipe, Stefano tratou de dar as boas vindas a Kimi.

– Sinto que Kimi está muito contente em voltar à escuderia com a qual foi Campeão do Mundo. Estou muito feliz com a volta dele a Maranello e muito determinado para lhe dar melhor ambiente para que possa executar o seu trabalho da melhor maneir possível – conclui.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.