Os brasileiros Guilherme Clezar e João Souza Feijão venceram suas partidas de estreia no Aberto Rio Preto, na última segunda-feira. Clezar bateu Fernando Romboli, atleta vindo do qualifying, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/1, e agora aguarda o vencedor do duelo entre Ricardo Hocevar e Thiago Monteiro. Já Feijão  venceu Leonardo Kirche por 2 sets a 1, parciais de 6/2, 6/7(2) e 6/4.

Guilherme Clezar comemorou a vitória na estreia e disse que esperava ter mais dificuldades para derrotar Fernando Romboli.

– Esperava um jogo mais difícil, mas fico feliz pelo nível de tênis que joguei e por ter saído com a vitória bem rápida – afirmou o atleta, campeão do challenger de Campinas.

Leia também:  Diretoria do União decide manter 15 jogadores que disputaram a Série D

Em um jogo com mais de duas horas de duração, o tenista João Souza Feijão encontrou dificuldades para superar o adversário e o forte vento.

– O vento deixou a partida equilibrada. Não conseguia bater na bola, tinha vento contra, vento a favor. O jogo foi totalmente baseado no vento, ele foi realmente o nome do jogo. Mas o que importa é essa vitória – disse Feijão.

Nesta terça-feira, mais 15 jogos são realizados. Destaque para os confrontos entre os tenistas da casa: Thiago Alves contra Carlos Salamanca, da Colômbia e Augusto Laranja contra o português Gastão Elias. Rogério Dutra Silva, cabeça de chave nº 5,  pega o espanhol Carlos Gomez-Herrera. Outro confronto aguardado nesta terça é entre o argentino Guido Pella, campeão do challenger de São Paulo, e o venezuelano David Souto.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.