Os grupos ligados ao presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, e o presidente em exercício da Associação Dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Jorge Pires, já começaram o enfrentamento para ocupar a presidência da entidade que representa os criadores de MT.

Há algum tempo Pires vem atacando a longevidade de Prado à frente da Famato. Em resposta as críticas de Pires, Rui tem respondido com o silêncio. Nos bastidores, articulou dois representantes do seu grupo – Vilmondes Tomain e Rogério Romanini -, para se candidatar à presidência da Acrimat.

Pires apóia o atual presidente da Acrimat, José Bernardo, para outro mandato. Mas o embate entre os dois está mais para uma disputa política com vistas às eleições de 2014. Ambos têm pretensões a ocupar cargos no Legislativo.

Leia também:  Projeto prevê que cidadãos tenham acesso à lista de imóveis da Prefeitura de Rondonópolis

O presidente da Famato cogita alçar vôos maiores e fazer seu ninho na Câmara Federal. Caso consiga vencer a disputa pela Acrimat, mostrará musculatura suficiente para se candidatar a uma vaga de deputado federal.

Já Pires estaria de olho em uma das vagas da Assembleia Legislativa. Por mais que não concorram diretamente por uma vaga na mesma esfera do Legislativo, o grupo que levar a presidência da Acrimat estará mais apto a pleitear candidatura na disputa do ano que vem.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.