Secretário adjunto de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, José Márcio Guedes - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Secretário adjunto de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, José Márcio Guedes – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Na tarde desta terça-feira (01) o secretário adjunto de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, José Márcio Guedes e representantes da empresa Ensercon, responsável pela obra de canalização do Córrego Canivete, estiveram reunidos na Câmara Municipal de Rondonópolis para dar detalhes sobre a construção. O encontro foi um pedido do vereador Adonias Fernandes (PMDB).

Segundo o secretário Guedes surgiram denuncias de que a obra não estaria sendo executava conforme o projeto original. “Queremos esclarecer esses boatos, não está havendo nenhuma desconformidade com o projeto” afirma o secretário.

Guedes diz que a empreiteira responsável pela obra, enfrenta alguns problemas com a falta de mão-de-obra. Outro fator que está deixando a obra mais lenta é o material. Atualmente a ‘pedra’ esta sendo utilizada, mais segundo o secretário os fabricantes não estão conseguindo abastecer a empreiteira. “As pedras que adquirimos não possuem o formato ideal” explicou.

Leia também:  Serviços essenciais vão ser mantidos no feriado da Proclamação da República

Contudo, o secretário-adjunto disse que dentro do novo cronograma, estão buscando novas soluções para acelerar o trabalho da obra buscando trabalhar com o concreto. “Nós temos um salto reservado para utilizar na obra, portanto estamos trabalhando na possibilidade de utilizar o concreto que é mais prático e trás mas aceleramento na obra” explica.

Luiz Eduardo Ferreira Guedes um dos integrantes da Comissão Pró Canalização do Córrego Canivete mostra – se preocupado com a aproximação do período de chuva, pois foram executados cerca de 500 metros em um trecho de 2,7 quilômetros. “Já se passaram tantos anos com uma obra que estava prevista para ficar pronta em 18 meses, e ainda não se tem nenhuma previsão para entrega” afirma Luiz.

Leia também:  Clima em Rondonópolis deve chegar a 40º C no final de semana

NOVOS DEBATES

Ainda para debater a questão da Canalização do Córrego Canivete os vereadores Reginaldo Santos (PPS) e Mauro Campos (PT) convocam uma Audiência Pública, para a próxima segunda-feira (07) às 14h na escola CAIC, para dar uma resposta à comunidade sobre os motivos dos atrasos, qualidade da obra, avaliar se há sobras de recursos e destinos dos valores, a reunião terá finalidade de apresentar o projeto das obras do córrego do canivete.

Para a Audiência Pública que foi agendada a mais de um mês, foram convidados os demais vereadores, secretário de meio ambiente, representante da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.