Campeão Masters 1.000 de Xangai, na China, no último domingo, Marcelo Melo está entre os finalistas do Prêmio ATP 2013, ao lado do parceiro Ivan Dodig. O título colocou a dupla formada pelo mineiro e o croata na terceira posição da corrida para o ATP Finals, logo atrás de Bruno Soares e Alexander Peya, já classificados e outros concorrentes ao prêmio. Na disputa da ATP, os fãs elegem seus jogadores e duplas favoritos, enquanto os tenistas votam em outras categorias, assim como a equipe da Associação.

Ao todo, 20 jogadores participam da premiação. Rafael Nadal, Juan Martín del Potro, Roger Federer e David Ferrer foram os indicados ao Prêmio Espírito Esportivo. O líder do ranking também aparece na categoria de Melhor retorno do ano ao lado de Somdev Devvarman, Tommy Robredo e Dmitry Tursunov.

Leia também:  Sem apoio do município, Atletismo de Rondonópolis pede doações para participar de campeonato

Marcelo Melo e Ivan Dodig estavam confirmados para disputar o ATP de Estocolmo, mas desistiram antes da estreia. Com uma dor abdominal, o mineiro, atual campeão do evento, optou por retornar ao Brasil para se recuperar. O objetivo é chegar bem fisicamente para a disputa do Masters 1.000 de Paris, na França. Na próxima sexta-feira, o brasileiro já realiza treinos em Belo Horizonte e posteriormente em São Paulo, com a supervisão do irmão e treinador Daniel Melo.

O Masters de Paris começa a partir do dia 28 de outubro, mas a meta de Melo e seu parceiro Ivan Dodig é o ATP Finals, que envolve as oito melhores parcerias do ano. A dupla número 3 do ranking está perto de conseguir uma vaga na competição, que será realizada em Londres. Em 2013, a parceria foi vice-campeã do Grand Slam de Wimbledon e semifinalista do US Open.

Leia também:  Equipe de Rondonópolis disputa neste sábado oitavas de final da Copa Sest Senat

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.