O vereador Fábio Cardozo (PPS), que de janeiro à agosto deste ano esteve a frente da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Rondonópolis, considerou acertada a decisão do prefeito Percival Muniz de sair da gerência do projeto da obra da travessia urbana das BR’s 364 e 163.  Para o parlamentar, a administração municipal não tinha condições de acompanhar e fiscalizar a obra que está sendo realizada com recursos do governo federal e que já devia ter sido concluída há anos, porém, vem apresentando diversos problemas, inclusive com a necessidade de refazer trechos que já estavam prontos.

Fábio contou que assim que assumiu a Sinfra fez um raio-x da obra e encontrou defeitos no projeto e problemas de execução, além do fato da empresa responsável pela execução estar em processo de recuperação judicial e a obra estar sendo investigada pelo Ministério Público. Diante disso, o vereador considerou inviável que a prefeitura permanecesse à frente dos trabalhos.

“Como secretário eu não poderia deixar de fazer algumas coisas que eram urgentes, como a passagem inferior da Vila Mamed, porém, percebi que seria um erro insistirmos que a prefeitura continuasse comandando a obra já que a mesma tinha tantos problemas”, explicou Fábio.

Com a decisão de Percival a obra será comandada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura – DNIT, órgão responsável pelas obras do governo federal.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.