O preço da gasolina pode subir este ano, mas não há uma data definida, disse nesta terça-feira (08) a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, após evento em São Paulo.

“A gasolina pode subir esse ano. Não tem data. Como aconteceu todos os anos, a gente tem aumento de preço. E quem sabe, pode acontecer algum movimento abrupto inesperado. O Brent cai, o câmbio desce e aí tem redução no preço da gasolina. Ou seja, a previsão de aumento é possível, é previsível, mas não tem data”, disse a executiva a jornalistas, em evento em São Paulo.

A estatal precisa de caixa para fazer frente a um dos mais robustos plano de negócios do mundo.

Leia também:  Venda de veículos sobe mais de 20% em setembro

A Petrobras deve encerrar o ano de 2013 com investimentos de cerca de 50 bilhões de dólares, disse a presidente da estatal na mesma ocasião.

“Investimos 45 bilhões de dólares em 2012 e este ano estamos caminhando para algo próximo de 50 bilhões”, disse Graça.

Em meio à necessidade de pesados investimentos no desenvolvimento das áreas do pré-sal, a Petrobras realiza um programa expressivo de corte de custos.

Graça Foster disse que há previsão de fechar 38 escritórios no exterior até 2015, o que, segundo ela, não significa sair do país.

“É questão de otimização de custos e simplificação da estrutura societária da Petrobras”, afirmou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.