As duas mulheres estavam na casa e são parentes do dono da boca - Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT
As duas mulheres estavam na casa e são parentes do dono da boca – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

Investigadores da Delegacia Distrital de Vila Operária ‘estouraram’ na tarde desta terça-feira (05) mais uma boca de fumo na Vila Itamaraty. Desta vez, segundo os policiais, uma família comandava a boca.

Serão indiciadas quatro pessoas, Marco Aurélio da Silva, conhecido como Lérin, que é apontado como o dono da boca, Jheniffer Rodrigues Pessoa, que é esposa do suspeito, e ainda a irmã e a mãe dela.

Somente a mãe e a irmã de Jheniffer, que afirma não está envolvida mas já tem passagem por tráfico,  foram encontradas na casa e estão presas. Marco Aurélio e a mulher estão foragidos.

Na casa foram apreendidas 20 petecas de substancia aparentando ser pasta base de cocaína, balança de precisão, acido bórico e bicabornato de sódio que são usados na mistura, seis munições calibre 380 e uma calibre 38 e ainda identidades falsas.

Leia também:  Dupla é presa por roubo a agência dos Correios de Itiquira

Outros dois homens estavam na casa e foram detidos para averiguação, um deles saiu recentemente da Penitenciária da Mata Grande e está na condicional.

Dois suspeitos foram detidos na  casa, um deles saiu recentemente da Mata Grande - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Dois suspeitos foram detidos na casa, um deles saiu recentemente da Mata Grande – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.