Com a proximidade do dia das crianças o Procon-MT divulgou nesta segunda-feira (07) algumas dicas de alerta para os cuidados que devem ser tomados na compra de brinquedos.

A superintendente do Procon-MT, Gisela Simona Viana de Souza, explica que observar se o brinquedo escolhido é adequado para a idade da criança, se tem o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), são alguns dos cuidados que os pais devem ter para garantir a segurança do pequeno consumidor.

Outro aspecto que deve ser verificado é a existência do selo do Inmetro ou de outro órgão de certificação, que é obrigatória para brinquedos destinados a crianças de até 14 anos. O selo pode estar impresso ou em etiqueta autoadesiva na embalagem ou afixado no brinquedo. Também pode estar em etiquetas de pano, como no caso de bichos e bonecos de pelúcia. Todo o brinquedo -nacional ou importado- deve ser certificado pelo Inmetro.

Leia também:  Candidatos do concurso da Seduc devem redobrar atenção para às regras da prova

“As informações sobre o fornecedor ou importador devem constar na embalagem do produto. Ao efetuar uma compra, os pais devem exigir a nota fiscal. E antes de comprar um brinquedo, é preciso pesquisar o preço, as formas de pagamento e as taxas de juros, pois existe uma variação muito grande de uma loja para a outra”, destaca a superintendente do Procon-MT.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.