Refrigerante que será da fábrica em Rondonópolis - Foto: Assessoria
Refrigerante que será da fábrica em Rondonópolis – Foto: Assessoria

Rondonópolis irá receber a sua 1ª fábrica de refrigerantes. Trata-se da  empresa de Refrigerantes Iup, que tem a sua unidade fabril na cidade Franca, interior de São Paulo. A viabilização para construção da primeira fábrica de bebidas não alcoólicas no município foi acertada pelo proprietário da indústria de Refrigerantes Iup, Carlos Nascimento, em reunião realizada esta semana, no Palácio da Cidadania.

A previsão é de que a fábrica, que tem a expectativa de criar 160 postos de trabalho, sendo 60 empregos diretos e outros 100 indiretos, comece a ser construída em Rondonópolis no início do próximo ano e já esteja pronta para produção de refrigerantes no fim de 2014. A unidade de Rondonópolis irá produzir os refrigerantes Iup em sete sabores: Cola, Guaraná – também nas versões Zero-, Laranja, Limão e Citrus.

Leia também:  Sem energia, moradores do Dom Bosco protestam em frente a Energisa

O prefeito Percival Muniz comemorou mais um anúncio de um novo investimento para o município. “Será muito bom para a cidade a instalação desta unidade fabricante de refrigerantes, porque irá gerar mais empregos e renda, além de fortalecer o desenvolvimento econômico da cidade”, enfatizou, acrescentando que o município, através do Gabinete de Desenvolvimento, dará todo o apoio necessário para a vinda da  empresa de refrigerantes para a cidade.

“Estamos trabalhando agora para viabilizar uma área de 15 mil m²,  que é o que a empresa necessita, além da liberação das licenças de instalação e de início da obra, que está previsto logo para o começo do ano que vem”, explicou Elio Rasia, que é o promotor de Novos Investimentos, que faz parte do Gabinete de Desenvolvimento Econômico.

Leia também:  Prefeito recebe visita do governador distrital do Rotary Club e fortalece parcerias

Elio revelou que desde o início deste ano começaram as conversações com o proprietário da empresa de Refrigerantes Iup, visando à instalação da unidade fabril na cidade. “Depois de muitas conversas ao longo deste ano, de convencimento sobre a viabilidade do município para o seu projeto de expansão, conseguimos acertar a vinda da empresa”.

A cidade de Rondonópolis foi escolhida para abrigar a indústria por aspectos logísticos e de recursos humanos. “A escolha do município de Rondonópolis se deu por conta, além do suporte oferecido pela prefeitura e os incentivos, também por sua localização estratégica, o que facilitará as nossas operações logísticas”, disse Carlos Nascimento.

Ele explicou, ainda, que a construção da nova fábrica visa a atender o projeto de expansão dos negócios da empresa, que está atenta ao crescimento econômico de Mato Grosso e ao bom momento para as denominadas fabricantes de refrigerantes regionais.

Leia também:  O Halloween marca presença e aquece o comércio em Rondonópolis

De acordo com dados da Afebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil), os ditos ‘refrigerantes regionais’ respondem por 20% do mercado, quando este é medido em quantidade/volume. Atualmente existem 240 pequenas empresas regionais fabricantes da bebida no país.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.