Fulô x Thiago Muniz - Fotomontagem AGORA MT
Fulô x Thiago Muniz – Fotomontagem AGORA MT

Os vereadores Thiago Muniz (PPS) e Fulô (PMDB) quase perderam as ‘estribeiras’ durante a realização da 37ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Rondonópolis.

A confusão teve início após a fala de Muniz na tribuna, que culpou o ex-prefeito Zé Carlos do Pátio (SDD), como sendo um dos principais de ter deixado a Coder no estado em que está atualmente. Além disso, Muniz disse que Fulô tinha colocado a culpa na gestão Percival Muniz o que não era verdade.

Fulô não gostou nada da fala e foi tirar satisfações com Muniz, foi preciso pedir ordem por duas vezes para acalmar os ânimos dos parlamentares.

Adonias aproveitou para ‘puxar’ a orelha de Muniz, segundo ele o vereador tem que parar de apontar um e outro, porque a questão não é quem deixou de pagar, já que na gestão passada de Percival Muniz (PPS), o gestor também deixou sem acertar as parcelas da Coder.

Leia também:  Nem Natal Solidário escapou de propinas em Mato Grosso

“Nosso foco é aliviar a situação da autarquia, após isso se for o caso, vamos colocar em ‘pratos limpos’ quem pagou ou deixou de pagar, mas isso não vai mudar em nada, nosso foco é hoje”, argumenta Adonias.

DENÚNCIA

Fulô voltou a falar na Tribuna e disse na situação em que está, se a prefeitura fizer contratos com a Coder, vai dar cadeia. “O município não pode assinar contratos com uma empresa que não tem certidão de regularidade, se assinar vai estar irregular, ai logo logo só vai dar cadeia pra alguém”, desdenha.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.