A temporada de trocas de partidos terminou no sábado (5) com a mudança de 139 deputados estaduais e distritais, que se filiaram às legendas pelas quais pretendem disputar as eleições de 2014.

O número representa 13% dos 1.059 integrantes dos Legislativos nos Estados e no Distrito Federal.

Os recém-criados Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e Solidariedade (SDD) foram os que mais atraíram deputados, com 32 e 21 filiações, respectivamente. Quem chega a um novo partido não corre o risco de cassação por infidelidade partidária.

Advertisements
Leia também:  Vereador discorda de possível mudança administrativa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.