Jozelma do Nascimento Pesqueira Gimenes, morta com um tiro no peito dentro da própria casa - Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal
Jozelma do Nascimento Pesqueira Gimenes, morta com um tiro no peito dentro da própria casa – Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Na próxima segunda-feira (11) será realizado no Forúm de Rondonópolis, a partir das 8h30, o julgamento de um caso que chocou a cidade há seis anos. O caso da empresária Jozelma do Nascimento Pesqueira Gimenes, na época com 41 anos, que foi brutalmente assassinada dentro da própria casa no centro. O mandante do crime seria o ex-genro, Fernando Henrique de Souza, que será julgado e inclusive teria dado ao assassino as chaves da casa.

Na época do crime o mandante, juntamente com Marco Antônio Lopes, acusado de ter matado a empresária, aproveitaram que a vítima e o marido dela teriam ido a uma festa e simularam um assalto.

De acordo com Marcos Antônio, que foi preso meses após o crime, ele teria sido contratado por Fernando Henrique que o mandou ficar dentro da casa, roubar as joias e esperar que a sogra chegasse para matá-la. Ele afirmou ainda que o mandante falou para que ele poupasse o ex-sogro, pois, ele seria a garantia do recebimento do dinheiro do seguro.

Leia também:  PRF e PF fazem ação e apreendem drogas em Rondonópolis

De acordo com a filha da vítima um dos objetivos do suspeito Fernando Henrique, ex-namorado dela, era que com a morte da mãe ela voltasse para a cidade e reatasse o namoro com ele. O casal teria terminado há algum tempo e a jovem tinha se mudado para Manaus. Porém o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e pedia que ela voltasse para Rondonópolis.

O julgamento será conduzido pelo juíz Wladymir Perri, mas a sentença será dada através de um júri popular. O julgamento é aberto a população.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.