Os fãs de Minotauro e Minotouro conseguiram ver os dois atletas apenas uma vez cada em 2013. Rodrigo foi finalizado com uma chave de braço por Fabrício Werdum em junho, o que acarretou em uma ruptura total do ligamento colateral do cotovelo esquerdo. Já Rogério derrotou Rashad Evans em fevereiro, mas dores nas costas voltaram a incomodá-lo no segundo semestre. Tanto que ele foi obrigado a recusar ser parte da luta principal de um evento em Londres, em março do ano que vem, contra Alexander Gustafsson.

Agente dos dois lutadores, Ed Soares explicou que Rogério Minotouro não quer arriscar um desafio como este sem estar em plenas condições físicas.
– Rogério disse que gostaria de aceitar a luta, pois ele acha que essa luta representa bem onde está sua carreira neste momento. Mas para lutar contra um cara como Gustafsson, você tem que estar 100 por cento, e ele não queria correr o risco de aceitar a luta, tentar treinar com a lesão nas costas e, em seguida, de repente não ser capaz de lutar e ter que sair de um evento principal – explicou o empresário ao site “MMAjunkie”.

Leia também:  Copa do Brasil é a meta de Pesso

Ed Soares acredita que a previsão é que Minotouro volte a lutar em maio ou junho. Ele não foi tão específico para falar de Minotauro, mas acha que o prazo seja mais ou menos o mesmo.

– Minotauro está ficando saudável, e nós vamos vê-lo lutar no primeiro semestre de 2014 com certeza – prometeu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.