O líder do Governo na AL/MT, deputado Hermínio J Barreto (PR) apresentou na Assembleia Legislativa moção de pesar pelo falecimento do presidente da (Associação dos Funcionários da Fazenda de Mato Grosso), Affemat, Enéas Cardoso Filho, ocorrido na última terça-feira (26), vítima de atropelamento em Cuiabá. Para o republicano  é uma perda irreparável para todos familiares e amigos, que deixará uma imensa saudades a todos que conviveram com ele.

“Nós perdemos um grande líder  um homem trabalhador que sempre foi exemplo, além disso,   companheiro e amigo dos servidores, com certeza  muito querido por todos. O seu passamento deixa a todos nós uma grande lacuna  , mas contudo, existe apenas uma  certeza todos que todos nós tivemos o grande privilégio de ter convivido com uma pessoa de grande estima que deixou um legado de honestidade, amizade e de muita competência como profissional”, afirmou o parlamentar.

Leia também:  Presidente da OAB se manifesta sobre advogada que chamou Maggi de "cocaleiro"

Enéas era conhecido carinhosamente pelos amigos de longa data, pelo apelido de Gringo. Ele deixou aos 52 anos, a viúva e cinco filhos. Veio do Estado  de Mato Grosso do Sul ,  formou-se em Direito na capital Cuiabá  e em seguida  ingressou na Fiscalização em maio de 1987, através de concurso público no cargo de agente de fiscalização e arrecadação – AFA (atuava atualmente como agente de tributos estadual ATE), iniciando suas atividades na Primeira Superintendência Regional de Fazenda em Cuiabá-MT em fiscalizações volantes e nos postos fiscais Pontal do Araguaia, Henrique Peixoto (Alto Araguaia) Rio Correntes, Marechal Rondon (Cáceres) Celeste (Sinop), Jangada, Juina (Roda D.água) e no Posto Fiscal 12 de Outubro na divisa com Rondônia.

Leia também:  Vereador vai à Cuiabá procurar parcerias entre os poderes

Ele foi presidente da Affmat no triênio 2013/2016 e exerceu o cargo também nos triênios 1992/1995, 1995/1998, 1998/2001, 2001/2004 e 2004 a 2007.  Enéas fundou em 1992 a Affemat Saúde, plano de saúde de autogestão e próprio. No ano de 1996 em sua gestão foi adquirido o prédio onde funciona a Affmat-Saude.

No biênio 2002/2004 ocupou o cargo de diretor de Turismo e Eventos da Febrafite (Federação Brasileira das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais), foi conselheiro Fiscal da Unidas (União Nacional das instituições em autogestão em Saúde) do Biênio de 2002/2004, Suplente do Conselho Fiscal do Siprotaf no Triênio 1993/1996, membro da Comissão Sindical Regional no Triênio 2002/2005.

Ele foi também membro do conselho fiscal da Cooperfaz biênio 2004/2005 e Presidente do conselho fiscal 2005/2006. Em sua gestão construiu e fundou os clubes que levam o nome dos associados, Alto Araguaia (Valter Frederico da Silva), Barra do Garças (Salvino Pedemonte Araújo), Cáceres (Bolívar Ramos) e Rondonópolis (Hermínio J. Barreto).

Leia também:  Sindicato Rural "sente pressão" e apresenta trabalho social a vereadores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.