A nova fórmula foi discutida em reunião - Foto: Reprodução / Assessoria
A nova fórmula foi discutida em reunião – Foto: Reprodução / Assessoria

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) realizou nesta terça-feira (05.11) o segundo arbitral na sede da entidade. Na reunião foram definidas as diretrizes do Campeonato Mato-grossense da 1ª Divisão 2014, prevista para começar no dia 19 de janeiro.

Decidido em consenso pelos Clubes participantes e a FMF que a competição terá uma nova formula de disputa, devido a Copa do Mundo em 2014, já que o cronograma de disputas ficou mais curto.  A competição será dividida em dois grupos, denominada norte e sul, uma chave com seis e a outra com cinco times.

Durante o encontro ficou definido que o Rondonópolis Esporte Clube, União Esporte Clube e Vila Aurora Esporte Clube fariam parte do grupo Sul e o Luverdense Esporte Clube, Sorriso Esporte Clube e Sinop Esporte Clube do grupo Norte, sendo os outros clubes definidos por sorteio, onde Cacerense Esporte Clube e Cuiabá Esporte Clube completaram o grupo do Sul e Mixto Esporte Clube, Mato Grosso Esporte Clube e Operário Varzeagrandense completaram o grupo Norte.

Leia também:  Federação realiza arbitral após desistências em série

No campeonato foi confirmado também que serão classificadas quatro equipes de cada chave para a 2ª fase (quartas de final), o primeiro da chave sul enfrenta o 4ª da chave norte assim sucessivamente, restando quatro equipes para a 3ª fase (semifinal) e após restando duas para a disputa do título (final) novamente a disputa do 1º contra o 2º sobrando duas equipes para fazer a final, disputados no sistema eliminatório (mata mata).

Os dirigentes definiram também que no grupo Sul, o último colocado será rebaixado. Pelo grupo Norte, os dois últimos caem para a segundona. Ou seja, nos dois grupos, quem não se classificar à próxima fase irá cair de divisão.

Leia também:  Odil Soares é o mais novo Técnico do Luverdense

 

Dirigentes

O vice-presidente da FMF e presidente do REC, Dr. Francisco destacou que a formula de disputa escolhida será realizada somente em 2014, devido à falta de datas no calendário apertado. “O principal motivo para a mudança foi quanto à falta de datas, caso a primeira fórmula fosse mantida não daria certo, pois teria mais jogos na fórmula de pontos corridos e isso implicaria em um calendário apertado para montar a tabela de jogos”, comentou.

O presidente do União Esporte Clube Carlos Rufino, parabenizou o presidente da Federação por ele conduzir a reunião de forma bastante democrático ao deixar que os times escolhessem a formula de disputa do campeonato. Ele também ressaltou ser um defensor da nova forma de disputa. “Nesse momento o método é o mais propício devido à falta de tempo e tenho certeza que com dois grupos de seis e de cinco os times vão brigar muito mais na disputa porque eles sabem que será ou se classifica ou cai para a segunda divisão não existe meio termo, começar forte e terminar forte o campeonato cresce a emoção”, disse.

Leia também:  Apresentador passa mal "ao vivo" em Lucas do Rio Verde
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.