A sede da Defesa Civil que antes era na sala da ouvidoria na prefeitura passa a funcionar no box 02 no casario, na área central de Rondonópolis. A nova sede que fica próxima ao Rio Vermelho vai garantir um acesso mais fácil à população ribeirinha, que mais sofre no período chuvoso, além de melhor monitoramento do nível do rio.

A Defesa Civil faz parta da estrutura do Gabinete de Apoio a Segurança Pública – GASP e o prefeito Percival Muniz pediu atenção redobrada aos ribeirinhos uma vez que já começou o período de chuva. “Ainda não estamos no período mais crítico que é janeiro e fevereiro onde as chuvas se intensificam, mas o prefeito foi sensível a essas famílias e com a nova sede vamos acompanhar melhor os casos e evitar danos materiais e a saúde dessas pessoas”, informou Erimar Bezerra, chefe da Defesa Civil.

Leia também:  Acontece neste domingo (10) a 1ª Corrida da Independência

Erimar explica ainda que o local é mais acessível, por ser no centro da cidade e próximos aos bairros que mais sofrem com enchentes como as vilas Rondon, Canaã e Mamed. “Fazemos o monitoramento do nível do rio a cada duas horas e sempre que chega a 5,30 metros ficamos em alerta, se passar disso começamos o trabalho de retirada das famílias que agora será ainda mais rápido”, disse lembrando ainda que as famílias em pior situação de risco estão sendo retiradas antes do período crítico e que a Secretaria de Habitação tem os ribeirinhos como prioridade nos programas habitacionais do município.

O contato da defesa civil é 9631-4751.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.