O esmagamento de soja em Mato Grosso apresentou leve aumento. Um levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), aponta terem passado por esse processo 594 mil toneladas da oleagionosa em setembro (gerando acumulado de 5,7 milhões de toneladas no ano até este mês). O volume foi 4% inferior a agosto e 8% menor no comparativo do mesmo período do ano passado.

De acordo o Imea, no acumulado anual até setembro, Mato Grosso esmagou 6% a menos que em 2012, refletindo os menores preços pagos no farelo e no óleo internamente. “Em relação a setembro de 2012 o preço do óleo em Mato Grosso foi 29% inferior em setembro de 2013, de R$ 2.203,50, e o preço do farelo 13% inferior no mesmo comparativo, apresentando média mensal de R$ 1.091,18”.

Leia também:  Comércio deve atrair os clientes para a compra dos presentes

Nesta safra, o instituto apontou que plantio da soja continua avançando. Ele já atinge 86% dos pouco mais de 8,5 milhões de hectares projetados., com destaque ao contraste na evolução em regiões como Médio-norte e Nordeste, que apresentam 42 pontos percentuais (p.p) de diferença na área semeada, “e também entre municípios de uma mesma região, com exemplo de Sinop e Sorriso, que apresentam 86% e 99,5% respectivamente”.

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorNatal em Paris
Próximo artigoBolo mesclado de liquidificador

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.