Uma operação de combate à criminalidade no interior do Estado de Mato Grosso resultou na prisão de 175 pessoas. A ação planejada pela Diretoria de Interior da Polícia Judiciária Civil empregou 460 policiais das delegacias das 13 Regionais.

Em quatro dias foram presas 175 pessoas em cumprimento de mandado de prisão e em flagrante, resultando na lavratura de 118 autos de prisão nas unidades policiais. Também foram apreendidos mais de 32 quilos de drogas, 24 armas de fogo, R$ 23,1 mil em dinheiro, 56 veículos com irregularidade, entre outros objetos sem origem comprovada.

No mesmo período, as Delegacias de Polícia do interior concluíram 367 inquéritos policiais, 281 termos circunstanciados de ocorrência (tco), e 96 atos infracionais de menores.

Leia também:  Moça sofre tentativa de estupro em Pontes e Lacerda

As Regionais de Tangará da Serra, Sinop, Rondonópolis e Confresa tiveram os melhores resultados em número de mandados cumpridos e apreensões. Em Tangará da Serra foram 30 presos e 17 flagrantes. Na região de Sinop foram 22 prisões efetuadas e 24 quilos de drogas apreendidas. Na Regional de Rondonópolis foram 17 presos e em Confresa 21 pessoas respondem por crimes e mais de 4 quilos de drogas foram retirados do mercado.

De acordo com o diretor de interior, Aldo da Silva Costa, a operação desencadeada no interior não tem um foco principal. “O objetivo é reprimir todos os tipos de delitos, principalmente aquele que estiver predominando na região”, explicou.

Leia também:  Mãe é suspeita de matar o filho à pauladas em Primavera do Leste

No entanto, o diretor afirma que os crimes contra a vida, patrimônio e o tráfico de drogas acabam predominando devido à incidência em algumas regiões.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.