A exportação do milho segue em alta no Mato Grosso. Último balanço do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta terem sido enviadas ao mercado exterior pouco mais de 10,8 milhões de toneladas entre janeiro e outubro, movimentando US$ 2,6 milhões. No mesmo período do ano passado a quantidade atingiu 7,1 milhão de toneladas, cerca de 3,7 milhões a menos.

“O grande volume embarcado reflete, dentre outros fatores, a influência dos leilões de Pepro realizados pelo governo nos últimos meses, além do aquecimento da demanda interna pelo milho. Nos próximos meses as exportações do cereal mato-grossense tendem a estabilizar com grandes volumes, visto que muitas embarcações já estão comprometidas até o fim deste ano”, aponta o Imea.

Leia também:  Horário de verão será mantido em 2017 e começa dia 15 de outubro

Por outro lado  a venda da safra 2012/2013 pouco tem crescido em Mato Grosso. O Instituto informou que neste mês foi registrado o menor avanço dos últimos três, 7,6 pontos percentuais, atingido 72,5% dos pouco mais de 21 milhões de toneladas produzidas. “O Estado já comprometeu 16,35 milhões de toneladas da safra 2012/13, um pouco abaixo das 16,74 milhões de toneladas negociadas da safra 2011/12 no mesmo período do ano passado”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.