A Operação Proclamação da República feita pela Polícia Rodoviária Federal (PFR) no feriado prolongado de 15 de novembro constatou que o número de acidentes nas rodovias do país diminuiu.

Na comparação com a Semana Santa, o número de acidentes diminuiu 12%, o número de mortos, 21% e o de feridos, 20%. Foram registrados 2.269 acidentes, com 101 mortos, contra 2.451 acidentes na Semana Santa, quando se registrou o número de 121 mortes. A operação ocorreu entre 0h de quinta e a meia-noite de domingo.

Foram registrados 86 acidentes com mortes, sendo 24 deles com motocicletas (25 mortes em acidentes com motos). Os estados com mais acidentes fatais foram Minas Gerais (10), Goiás (9) e Bahia (7). No geral, Minas Gerais também liderou o ranking de mortes (17). nesse feriado, seguido por Goiás com 11 e Bahia com 9.

Leia também:  Aumenta usuários da Cracolândia e justiça autoriza Doria interná-los a força

De acordo com a PRF, foram fiscalizados excessos de velocidade, ultrapassagens proibidas, embriaguez ao volante, motocicletas, trânsito pelo acostamento, além do uso do cinto de segurança e da cadeirinha para bebês.

A operação resultou em 119.198 veículos abordados e 99.263 pessoas fiscalizadas. Foram aplicados 29,5 mil testes de alcoolemia com resultados positivos para 690 motoristas, que receberam multa e tiveram a carteira de habilitação recolhida. Desses motoristas flagrados alcoolizados, 196 foram presos por apresentar índice igual ou superior a 0,3 miligramas por litro (mg/l) de álcool, por ar expelido dos pulmões.

Durante os quatro dias de operação, não foram registrados acidentes com grande número de vítimas. Apenas um acidente que deixou cinco mortos foi registrado durante toda a operação, uma colisão frontal entre um caminhão e uma caminhonete, em Minas Gerais, na sexta-feira.

Leia também:  Pacientes são assaltados enquanto aguardavam atendimento em fila de hospital no RJ
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.