O índio Antonio Mario Koqe Cereu, 38 anos, foi detido na manhã desta quinta-feira (28) após ser pego pescando irregularmente no período da piracema próximo a Vila Canaã. Outra pessoa que estava com ele conseguiu pular da embarcação e fugir.

De acordo com os policiais da Polícia Militar Ambiental, após denúncias de que havia índios pescando irregularmente no Rio Vermelho eles foram até o local e encontraram os suspeitos.

O mesmo alegou que iria vender o pescado há algumas pessoas que moravam na Gleba Dom Bosco. Ele afirmou ainda que no fundo da reserva Tadarimana havia caixas térmicas com pescado capturado com rede.

A embarcação, o motor e as redes foram levados a Delegacia de Polícia federal do Município. Foi arbitrada a fiança de um salário mínimo para a liberação do suspeito.

Leia também:  Conversa com ex-companheira de suspeito termina em esfaqueamento
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.