Na tarde deste domingo (24), 196,8 mil estudantes fizeram o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), cuja nota é usada para avaliar a qualidade da educação superior. O exame foi aplicado a formandos de 904 instituições. As provas, com quatro horas de duração, tiveram início às 13h e encerraram  às 17h, no horário de Brasília.

Nesta edição do Enade, foi avaliado o desempenho dos estudantes de bacharelado em agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zootecnia. O exame também avalia os cursos de tecnólogo em agronegócio, gestão hospitalar, gestão ambiental e radiologia.

O objetivo do exame é avaliar cursos de graduação a partir da verificação de competências, habilidades e conhecimentos desenvolvidos pelos estudantes em sua formação, de acordo com as características do perfil profissional exigido. O estudante do último ano deve fazer o exame para obter o diploma, mas o bom desempenho não é exigência.

Leia também:  Pedreiro morre por falta de atendimento de servidores do Samu

A nota no Enade corresponde a 70% do Conceito Preliminar de Curso (CPC), que também leva em consideração corpo docente e infraestrutura da instituição. Pelo indicador, os cursos recebem notas de 1 a 5, sendo as notas 1 e 2 consideradas insuficientes pela Ministério da Educação. Os cursos são avaliados de três em três anos e a repetição de notas baixas pode levar ao fechamento do curso.

O boletim de desempenho dos participantes do exame deste ano deverá ser divulgado no segundo semestre de 2014. O local de prova pode ser consultado no site do Enade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.