O ministro sírio para a Reconciliação Nacional, Ali Haidar, escapou neste sábado (23) de uma tentativa de assassinato na província de Tartus, na Costa Mediterrânea da Síria. A informação foi veiculada pela agência oficial de notícias do país, Sana.

“O ministro da Reconciliação Nacional, Ali Haidar, escapou hoje de uma tentativa frustrada de assassinato na estrada entre Masyaf e Qadmous”, informou a agência. Não há informações sobre o estado de saúde de Haidar. O local em que ocorreu o episódio é uma área de resistência de lideranças ligadas ao presidente sírio, Bashar Al Assad. O veículo em que o ministro estava foi alvejado por homens armados e o motorista foi declarado morto.

Leia também:  Aeronave da Marinha com 40 pessoas a bordo cai em base policial no Peru

Ali Haidar é membro da oposição tolerada pelo regime, o Partido Sírio Nacionalista Socialista, e foi nomeado por Bashar Al Assad ministro da Reconciliação Nacional em junho de 2012. Em maio de 2012, um dos filhos do ministro foi assassinado por homens não identificados.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 100 mil pessoas morreram na Síria desde o início do conflito em março de 2011,

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.