Três homens foram presos suspeitos de tortura e favorecimento a prostituição de menor, na tarde desta quarta-feira (06) no município de Guiratinga (110 Km de Rondonópolis). Eles são acusados de estarem envolvidos no leilão da virgindade de uma garota de apenas 15 anos. (leia mais)

A prisão ocorreu durante a operação Afrodite, que visa combater prostituição, estupro de vulnerável e exploração sexual infantil.

Segundo informações adquiridas, um dos suspeitos é advogado e o outro comerciante bem conhecidos na cidade, o terceiro suspeito é funcionário municipal.

Os nomes dos acusados não foram revelados e encontram – se  em segredo de justiça por envolver uma menor. Os homens estão no anexo da Mata Grande.

Leia também:  Bandidos invadem empresa, rendem funcionários e fogem com mais de R$ 5 mil

Cerca de trinta policiais estiveram envolvidos na operação, comandada pela delegada Lígia Pinto da Silveira Avelar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.