Uma denúncia anônima via 197 culminou na apreensão de aproximadamente 50 quilos de drogas, na manhã desta quarta-feira (06.11). A apreensão de 37 tabletes de cocaína refinada (com cerca de 40 quilos) e 5 barras grandes de pasta-base (10 quilos aproximados) foi efetuada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, no bairro Tijucal.

De acordo com o delegado Gustavo Garcia Francisco, o entorpecente estava e poder de uma mulher de 61 anos, que iria transportar a droga para a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. “Isso foi confirmado com apreensão das passagens”, disse.

O delegado informou que a suspeita não terá o nome divulgado para que as investigações tenham continuidade e a Polícia Civil possa chegar até o traficante que encomendou a entrega e para quem seria deixada.

Leia também:  Polícia resgata cinco menores e prende casal por abuso e maus tratos em Cuiabá

A droga foi interceptada dentro de um táxi Fox prata, que havia sido chamado para levar a suspeita até a rodoviária, onde ela embarcaria para Minas Gerais. Parte do entorpecente estava acondicionado em uma mala vinho coberta por tapetes e outra dentro de uma caixa de papelão.

Além dos tabletes, os policiais apreenderam na casa da suspeita uma balança de precisão, três vidros de éter, plásticos e fitas para embalagem e ainda frascos de lidocaína e acido bórico. A mulher estava em poder de R$ 430 em dinheiro, também apreendido.

O taxista também foi conduzido à Delegacia para prestar esclarecimentos e será liberado. A mulher será autuada por tráfico de drogas e encaminhada a unidade prisional feminina.

Leia também:  Chacina deixa quatro homens mortos em Juscimeira

O entorpecente será pesado pela Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) para confirmar o volume apreendido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.