Acusados do crime - Foto: assessoria
Acusados do crime – Foto: assessoria

Duas vítimas mantidas em cativeiro depois do roubo do caminhão, na quinta-feira (21.11), foram libertadas  pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Várzea Grande. Um dos criminosos foi preso em flagrante e vai responder por roubo qualificado com restrição da liberdade da vítima.

O acusado Rianalves da Silva Arruda, 24 anos, foi preso em flagrante após roubar um caminhão no bairro José Carlos Guimarães, em Várzea Grande. De acordo com a polícia, os investigadores iniciaram diligencias logo após receberam a denúncia de que dois homens teriam tomando de assalto um  caminhão, no início da tarde da quinta-feira (21). Na ação, o motorista do veículo e seu acompanhante foram levados reféns.
Nas investigações, a Polícia Civil  conseguiu levantar informações e identificar a casa usada como cativeiro, localizada no Residencial Jose Carlos Guimarães. Ao perceberem a chegada dos policiais, três suspeitos que estavam na residência iniciaram fuga e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra os policiais. Em perseguição, o suspeito Rianalves acabou preso em flagrante e os outros dois conseguiram fugir.

As vítimas foram encontradas no quintal da casa, deitadas no chão, com as mãos amarradas e amordaçadas. O caminhão também foi localizado.
De acorco com o delegado Wagner Bassi, o preso Rianalves tem passagem pela polícia por roubo e confessou ter praticado o crime em companhia de seu comparsa. “Também afirmou que o caminhão seria entregue a uma terceira pessoa responsável pela venda”, disse.
As investigações continuam para prisão dos outros dois suspeitos envolvidos no crime.
Veículo roubado - Foto: assessoria
Veículo roubado – Foto: assessoria

 

Leia também:  Foragido pelo assassinato da namorada há 25 anos em Santa Catarina, é preso em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.