O ex-técnico da CIA Edward Snowden, procurado nos EUA pelos vazamentos de informação sigilosa sobre a espionagem americana, começará na sexta-feira (1º) a trabalhar como administrador em um dos principais sites da Rússia, anunciou nesta quinta seu assessor legal, Anatoli Kucherena.

“Sexta-feira, 1º de novembro, Edward Snowden começará a trabalhar em uma das maiores companhias russas. Sua função será manter e desenvolver um dos principais sites”, disse Kucherena às agências locais.

Kucherena disse “que não é possível dizer o nome do portal por motivos de segurança”.

“Snowden vive na Rússia respeitando as leis do país. Não pode viajar para nenhum lugar no exterior, já que perderia seu atual status (de asilado temporário)”, destacou.

Leia também:  Protestos contra a corrupção deixa 900 pessoas detidas na Rússia

Desde que a Rússia concedeu asilo temporário em 1º de agosto, Snowden recebeu diversas ofertas trabalhistas, embora o ex-técnico da CIA preferiu se dedicar durante certo tempo a se adaptar ao país que o amparou.

Recentemente, Pavel Durov, fundador e presidente da rede social russa VKontakte, que conta com 43 milhões de usuários diários, revelou que tinha feito uma proposta de trabalho a Snowden.

“Seria interessante para Edward (Snowden) aproveitar suas qualidades para proteger os dados pessoais de milhões de nossos usuários”, disse.

Segundo a imprensa, Snowden também recebeu uma oferta de Ruslan Gattarov, chefe de proteção de dados pessoais do Conselho da Federação da Rússia (Senado).

Leia também:  Papa incentiva jovens brasileiros a lutarem contra corrupção
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.