Agricultores familiares produzem produtos para merenda escolar - Foto:  Marcos Negrini / Secom-MT
Agricultores familiares produzem produtos para merenda escolar – Foto:
Marcos Negrini / Secom-MT

Com o intuito de informar as políticas públicas disponíveis e como acessá-las, o curso de capacitação de dois dias para agricultores familiares no atendimento da merenda escolar, em Nossa Senhora do Livramento, encerrou nesta sexta-feira (06). Participam agricultores das comunidades de Aguaçú, Quilombo, Cedral de Cima e Mutuca.

O secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Eliseu Tirloni, destaca como é a participação da prefeitura. “A nutricionista da prefeitura apresenta um pré-cardápio que as escolas irão utilizar para que os produtores possam escolher aquilo que eles irão produzir”. Os agricultores são auxiliados pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

O curso é uma realização da prefeitura municipal e Sebrae, em parceria com a Empaer, por meio do escritório de Nossa Senhora do Livramento, Câmara Municipal e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Leia também:  O fluxo de veículo na BR-163 terá aumento de 32% no feriado

O Governo Federal criou instrumentos para a comercialização imediata dos produtos, em conformidade com as normas estabelecidas pelos órgãos Municipais, Estaduais e Federais.

O consultor Hewerton da Silveira Vargas presta consultoria ao Sebrae desde 1992 e ressalta a importância da integração dos órgãos no processo. “A Empaer detém o conhecimento que vai ser de fundamental importância, pois é ela que sabe o que tem aqui e onde buscar, ou seja, onde está cada comunidade, o que produz. Então, a Empaer é elo entre a prefeitura e o agricultor familiar. É esse o grande facilitador que temos no município, trazendo as duas pontas que precisam se encontrar. A Empaer entra com a noção organizativa, de planejamento e apoio técnico para introduzir novas cultivares que ainda não estão sendo produzidas”, ressaltou.

Leia também:  Secretário de Segurança deve ser afastado e usar tornozeleira em MT

A Empresa é responsável pela elaboração dos projetos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA da Conab) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Estas informações podem fazer a diferença, no momento em que a produção do agricultor está pronta para ser comercializada. Tendo destino certo seu desperdício é zero e o lucro é certo, visto que as hortaliças, legumes e tubérculos se perdem com muita facilidade”, destacou o supervisor local da Empaer de Nossa Senhora do Livramento, Haroldo Raimundo de Oliveira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.