Dezembro é um dos meses mais chuvosos do ano, por isso a Defesa Civil tem ficado em alerta para qualquer eventualidade, porém apesar das chuvas que tem caído todos os dias, o nível do rio está controlado, afirma o coordenador Erimar Bezerra.

Conforme Erimar, este ano, Rondonópolis sofreu uma das maiores secas, em questão de nível do Rio Vermelho, dos últimos anos.

“Como tivemos um nível baixo ao longo do ano, mesmo com as últimas chuvas os moradores ribeirinhos ainda não estão em situação de risco”, lembra o coordenador.

O nível de alerta para a Defesa Civil é de 5,30 metros. No ano passado as águas chegaram a 6,10. As regiões ribeirinhas que geralmente são propícias a alagamento são: Vila Rondon, Canaã, Vila Mamed e na zona rural a Gleba São João.

Leia também:  Prefeitura lança obras de esgoto em seis bairros de Rondonópolis

Erimar acredita que a partir de janeiro o nível deva subir mais, mesmo assim eles estão visitando as casas em situação de riscos nas localidades.

“Já firmamos parcerias, para qualquer eventualidade, além disto, todas as famílias em situação de risco já foram cadastradas em conjuntos habitacionais”, finaliza.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.